galeria post recente

Resenha - Sempre foi você - Diane Bergher


Sinopse: Depois de uma década e de escolhas erradas, Pedro reencontra a mulher de sua vida. Pedro e Melissa foram namorados na juventude, mas o destino os impediu de ficar juntos. Melissa casou-se com o melhor amigo de Pedro após ter fugido para o exterior. Pedro, por sua vez, casou-se com a irmã mais nova de Melissa. Com o retorno de Melissa ao Brasil, agora viúva, a paixão adormecida entre os dois renasce ainda mais forte. Preso a um casamento fracassado, Pedro precisará lutar para reconquistar o amor e a confiança de Melissa. Em meio a segredos e intrigas familiares, poderá o amor ser capaz de vencer?

Vocês sabem aquele tipo de leitura que te prende a atenção e te deixa fascinada(o) querendo logo saber o desenrolar da estória?
Pois bem... foi isso que aconteceu comigo!
Em "Sempre foi Você" da autora Diane Bergher, eu não conseguia parar de ler; queria a todo custo saber o que iria acontecer com a Melissa e o Pedro, descobrir o que o "safado do Rodolfo" havia feito com a Mônica, - mãe de Melissa - queria saber se a Maitê teria um final feliz e se a Maia iria parar de ser doida!
Pedro e Melissa sempre foram apaixonados, infelizmente foram separados por intermédio de alguém da família da Melissa. Ela, mulher de fibra e de família nobre, não poderia se casar com alguém de classe social diferente (segundo as paranoias de seu pai), para a tristeza de Pedro, que na época ainda era um advogado em início de carreira.
Através de um único erro dele, a vida dos dois teve uma tremenda reviravolta. Fazendo com que Melissa partisse de sua vida com seu melhor amigo, Ricardo.
Eu fiquei tão centrada na trama, que quando chegou no meio do livro, e descobri as revelações feitas, eu fiquei pasma!
Gente! Foi bomba atrás de bomba, é sério!
Tanto do lado da Melissa, quanto do lado do Pedro. (E o Pedro é um banana mesmo, na minha humilde opinião!)
Após tantos acontecimentos e com o reencontro do casal após uma década, muitas coisas tiveram que ser esclarecidas e uma delas estava no diário de sua mãe:
"Não suporto mais meu casamento. Sinto-me presa, sufocada. Eu tentei, eu juro que tentei amar meu marido. O que posso fazer se meu coração sempre pertenceu a outro homem."(Capítulo 25 - trecho do diário de Mônica)
O que será que o pai de Melissa fazia para não conseguir o amor de sua esposa? E quem será este homem misterioso que ela cita neste trecho acima?
Para quem gosta de um romance light, com muuuuuuito drama, e uma pitada de suspense, "Sempre foi você" é uma leitura excelente!
Sem falar que está muito bem escrita, e quase não se encontra erros - eu como revisora, presto muita atenção nessas coisas!
Uma coisa eu confesso para vocês, aquele homem, o Rodolfo, pai da Melissa, é um cretino, manipulador. Eu peguei um ódio tão grande desse personagem que a minha vontade era de trancá-lo em um hospício e nunca mais soltá-lo!
Por que será que eu quero fazer isso? Tenho um motivo muito bom, garanto-lhes! E para descobrirem o motivo, é preciso adquirir o livro que está disponível na Amazon!

PS: Isso que escrevi acima, sobre a minha revolta para com o personagem, é um ponto positivo! Pois quando eu gosto do livro, eu xingo, choro, sorrio... e com este foi assim!
Excelente leitura,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Blog Emoções em páginas - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo